Sobre o Câncer

Apresentação

Como surge?

Toda a informação genética está inscrita nos genes das células, numa "memória química"  conhecida como DNA. É por meio dele que os cromossomos passam as informações para o funcionamento da célula.

Uma célula normal pode sofrer alterações no DNA. Tais mudanças são as conhecidas mutações genéticas. Células, cujo material genético foi alterado, passam a receber instruções erradas para suas atividades, o que pode levar à malignização (cancerização). Essas células diferentes são denominadas cancerosas.
 

Como se comportam as células cancerosas?
As células cancerosas, diferentemente das normais, multiplicam-se de maneira descontrolada, formando tumores malignos que comprometem os órgãos afetados. Em alguns casos, células malignas se desprendem do tumor e migram para outros tecidos. Esse processo é conhecido por metástase. 

A invasão de células cancerosas em outros tecidos leva à alteração no funcionamento dos órgãos. A invasão nos pulmões, por exemplo, gera alterações respiratórias; a invasão do cérebro pode gerar dores de cabeça, convulsões, alterações da consciência, entre outras formas de manifestações em diferentes órgãos.
 

Como é o processo de carcinogênese?
Em geral, o processo de carcinogênese, ou seja, de formação de câncer, ocorre lentamente, podendo levar vários anos para que uma célula cancerosa se prolifere e dê origem a um tumor visível. Esse processo passa por vários estágios.

São eles:
Estágio de iniciação
É o primeiro estágio da carcinogênese. Nele, as células sofrem o efeito dos agentes cancerígenos ou carcinógenos que provocam modificações em alguns de seus genes. Nesta fase, as células se encontram geneticamente alteradas, porém, clinicamente, ainda não é possível se detectar um tumor.


Estágio de promoção
Nessa etapa, as células geneticamente alteradas, ou seja, "iniciadas", sofrem o efeito dos agentes cancerígenos, classificados como oncopromotores. A célula "iniciada" é transformada em célula maligna de forma lenta e gradual. Para que ocorra essa transformação, é necessário um longo e continuo contato com o agente cancerígeno promotor. A suspensão do contato com agentes promotores muitas vezes interrompe o processo nesse estágio. 


Estágio de progressão
É o terceiro e último estágio e se caracteriza pela multiplicação descontrolada e irreversível das células alteradas. Nessa fase, o câncer está deflagrado e evoluindo até o surgimento das primeiras manifestações clínicas da doença.

Os fatores que promovem a iniciação ou progressão da carcinogênese são chamados agentes oncoaceleradores ou carcinógenos. O fumo, por exemplo, é um agente carcinógeno completo, pois possui componentes que atuam nos três estágios da carcinogênese.
 
Fonte: INCA